quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Post Confidencial pa J.E.Cunha

Caro Zé Eduardo
Para ti em exclusivo este poema secreto colhido da planta fantasma... Ibyágu. Amigavelmente.
Floris d’Ibyagu

Izisti ta….
Uns floris
Invisível na ventri fantasma di tenpu.

Izisti ta …
Uns raízis
Possível na siu di silênsiu nha viola.

Izisti ta…
Uns fodjas
Indisifrável na zibiu kantanti di ventu.

Izisti ta…
Uns simenti
Possível na aza-l txintxiróti sen gaiola.

Sima Floris d’Ibyagu
Ten na aru louku di odju d'águ
Pa dorna sonu nha dondágu.
(KB)

1 comentário:

Alex disse...

N-ka sabi modi ki um puema tão xaguadu cima kel li podi ter passadu dispircibidu de tudu alguém. Nha publiku obrigadu, compustura di kel ki dja-m dau confidensialmenti. 1 Gr AB
ZCunha

Prefácio da obra Gruta Abençoada

NOTA DE LEITURA Boa Entrada é tudo menos lugar erótico, mas, sim, uma ribeira exótica e cativante, situada na margem direita da sed...