sábado, 1 de março de 2008

Rudumunhu ki Leba Bilheti

Tudu sta na pó di spera. Tudo está em compasso de espera.

Sem comentários:

Textos Exilados

POEMAS DA COLETÂNEA - TERRA DILECTA  - CAMINHOS CANTANTES -  NÃO PUBLICADOS 1 Julho de remotos Julhos. Cíclicos Julho...