quinta-feira, 13 de março de 2008

Palavras Raras

Convido-vos a todos o chá margoso de fedegoza, um mato, remédio santo que não cheira bem e não cheira mal, mas capaz de nos livrar das más bocas deste mundo, dos clones e dos ciclones, e colocar-nos nas graças do Olho de Deus.

1 comentário:

Sara disse...

Oi KB

Aceito esse chazinho, com umas gotas do poderoso elixir Baklufungubokapaldoramikadopamata e ficamos todos salvos ... ou nao ? O cafemargoso anunciou que o mundo podera acabar amanha.

Sara

Textos Exilados

POEMAS DA COLETÂNEA - TERRA DILECTA  - CAMINHOS CANTANTES -  NÃO PUBLICADOS 1 Julho de remotos Julhos. Cíclicos Julho...