sábado, 17 de setembro de 2011

Coisas do Guita

Eu disse a ela: “Posso não ser rico, não ter dinheiro ou condomínio ou

carros ou empresas como o meu amigo John… mas amo-te e adoro-te”.

Ela olhou-me, com lágrimas saindo dos seus olhos e abraçou-me como se

não existisse o amanhã e disse bem baixinho no meu ouvido: “Se me

amas, apresenta-me o John…”

Sem comentários:

Textos Exilados

POEMAS DA COLETÂNEA - TERRA DILECTA  - CAMINHOS CANTANTES -  NÃO PUBLICADOS 1 Julho de remotos Julhos. Cíclicos Julho...