quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Mãi Maria

           A forma de estar de um espírito que me legou generosidade e caboverdianidade. 
Esta mulher, senhora minha mãe, Maria da Graça Barbosa Amado, hoje, em mim, fez 91 anos de idade e triste está por o chão das ilhas não estar molhado e as plantas mais animadas. Azágua está atrasada. Voz que ainda ecoa nas rochas do meu pensamento.

Sem comentários:

Textos Exilados

POEMAS DA COLETÂNEA - TERRA DILECTA  - CAMINHOS CANTANTES -  NÃO PUBLICADOS 1 Julho de remotos Julhos. Cíclicos Julho...