terça-feira, 6 de outubro de 2009

Facto DOIS


O dia a seguir a entrada da cabeça da cheiona que elevou o nivel da albufeira. 24 dias depois estava assim a lagoa fincada nos braços da Ribeira Seca, Terra de Nácia Gomi.






Um lugar lindo e aprazivel, um lindo paradouro para se estar e apreciar a paisagem. Aqui, todos os anos, a crise morre de angustia por nunca ter podido fazer baixar os braços destes valentes fazedores do lavradio.


É a antevisão poética a consumar-se:


lavrador di nha terra N ten fé


ma água ta volta pa lavada


pa bu podi trabadja bu txon


sen ideia ma bu ten patron


(Bk)

1 comentário:

Evandro dos Santos disse...

Gostei muita das fotografias, graças aos blogueiros cabo-verdeanos hoje os estudantes e emigrantes que estão no estrangeiro podem ter novidades da patria amada. valeu pela postagem Sr. Kaka Barabosa.

RAPIZIUS

            Adivinhem! O Boeing dos TACV gemia em pleno espaço em direcção às ilhas. Estou a três horas de Boston no seat five...