quarta-feira, 11 de março de 2015

RAPIZIUS

 
No privado recebi várias mensagens de amigos e uma delas é de quem tenho muita estima e amizade, amor de irmã mesmo, todos eles, pedindo-me que não respondesse a uma provocação que vinha no FB - Onda Criolo.
Não é resposta é apenas um sublinhadozinho.
O escriba é português confirmado ( como bem disse há 44 anos) reformado da Força Aérea Portuguesa, empresário, poeta, músico, psicólogo, sociólogo, escritor, Técnico Informático e politico democrata com ar crioulo. Devo confessar que eu fiquei pela minha quarta classe da terra, curso que me dá para saber respeitar a família, os irmãos, os amigos, os adversários e o país dos outros e dá ainda para eu pensar e dizer livremente tudo o que penso sem bajulice e aldrabices.
Sempre fui assim. Digo o que penso seja onde for. Não nasci para ser albarda de ninguém. Assim me ensinou o meu pai e a minha mãe.
Admira-me o facto de o crítico, querendo aparecer por estas bandas, ter gastado demasiadas palavras para se evidenciar em culto professor, mandando-me calar. Se eu falar dá bronca mesmo exma personalidade culta. Não estou disposto a discutir literatura, pedagogia, música e cultura cabo-verdiana, nem africana nem portuguesa com filho pródigo.
O que digo aos democratas é que devem poder aceitar com humildade a opinião dos anti-democratas para que a estimada democracia possa crescer na pluralidade de opinião em debates acesos, mesmo na ausência do banco da escola e na fartura do eruditismo, enfim, essas coisas que os iluminados vêm e que os outros não enxergam por diversas ordens de razões.
Veio-me à lembrança as recentes crónicas desaforadas de João Branco que com autenticidade demarca-se do politicamente correcto, pondo muito boa gente da praça com o tal sorriso amarelo na face.
Assim é o entendimento dos iluminados: uns mais democratas que outros, uns com faróis na mente e outros com podogós, uns bodonas e outros tubabos.
Um coisa é certa - burro ki sata-bu txeia ka bu fla ma é na cavalu

Sem comentários:

Prefácio da obra Gruta Abençoada

NOTA DE LEITURA Boa Entrada é tudo menos lugar erótico, mas, sim, uma ribeira exótica e cativante, situada na margem direita da sed...