domingo, 12 de junho de 2011

Duas Portas Abertas

                   DOMINGO OU DIMINGU

O domindo é para mim como chaveiro de muitas portas e por assim ser vou abrir apenas duas portas para os meus amigos olharem para dentro.

1 PORTA. Faço-o há montes de anos. Hoje vou preparar o almoço assim: Sopa de salsa para aliviar os orgãos internos e tirar as gorduras de ontem do esqueleto.
Estufado democratico de cabeça de peixe (diversas cabeças), banana madura frita, manga com sal e malagueta, tomate e alface e massa fininha, regado com vinho do Fogo, isto é, Manecom por ser doce.

         2 PORTA.  Acabo de terminar o livro CLAROS D'ALMA & SOLOS de cerca de 250 páginas. Um antigo professor meu vai lê-lo e rever a escrita e abro com esta nota:

"A estada de dois anos e dois meses em Assomada a trabalhar na Câmara Municipal de Santa Catarina estimulou e ajudou-me a recuperar memórias, a revisitar os lugares, os sítios, as ribeiras, inclusive a reavivar relações com as pessoas conhecidas no passado, algumas delas próximas da casa dos meus pais. As noites de grilos, as madrugadas friorentas e o peso do silêncio também ajudaram bastante na síntese das notas tomadas na agenda de bolso e em pedaços de papel ao longo de vários anos.  Quis com esta obra contemplar aspectos e momentos simbólicos vividos em Santa Catarina, Boa Vista e São Vicente, espelhando sentires e vozes do meu espírito, mas também ilações tiradas das andanças pelos caminhos vicinais da vida, onde o paisagístico, o humano, os factos, as lendas, as crendices e vivencias se evidenciam e se intercalam naturalmente e onde a prosa se confunde com a alma da terra.

           Repetindo o já dito no texto: «Na vida nada sucede ao acaso. O que dela resulta vem de provaçôes, estágios e motivações». Assim, ao tornar público o conteúdo deste livro, pretendo que, no acessório, ele seja tido como uma simples dádiva, a minha fácil dádiva aos que dela queiram tirar algum proveito, esperando ter reabilitado heranças testadas vez única na vida justamente por ocorrerem em espaços e lugares outros, com gentes, crenças e cultura também outros, e ainda em tempo e conhecimentos bem outros. " BK

2 comentários:

daivarela disse...

Oi.
Espero que quando fizeres o lançamento não te esqueças do buffet (hahhha), brincadeira.

Que venha para Saoncent para que possa lê-lo.
Abraço

Anónimo disse...

Oi bróda. Irei a Mindelo. Há buffet sim senhor. Abraços KB

Textos Exilados

POEMAS DA COLETÂNEA - TERRA DILECTA  - CAMINHOS CANTANTES -  NÃO PUBLICADOS 1 Julho de remotos Julhos. Cíclicos Julho...