sábado, 20 de janeiro de 2018

Heróis Sem Pátria


Os poetas vivem da verdade da vida que faz deles verdadeiros olhos antevendo o futuro..,
Há quatro anos escrevi o poema dos heróis sem Pátria.

De rosto inclinado para o sueste
De rosto inclinado para o sueste é o busto
do combatente da liberdade da pátria
de feitos foscados pelo castanho saheliano
de corpo e braços avulsos ao vento
de poemas e líricos acantonados
de sangue da morte pela liberdade
exilado pelo triunfo da democracia
de látego anilado arvorado símbolo
doação informal de raso litígio
de sortilégio e demagogia
do grogue virado vinho
de ti manel virado man bia
ante os heróis e heroínas sem Pátria
ante o destilador da alma da história
ante os poetas do cantalutando
ante o vazio de flores e continencia
ante o povo herdeiro do sol suor verde
e o mar da parição dos tentáculos
da grande liberdade que ainda navega
e canta a cor da espiga primeira
o peso do grito levanta o braço
e dança o júbilo de julho
na tropicalizante alegria de viver
e de morrer na pátria das flores da nação
que a luta de séculos fecundou.

RAPIZIUS

                                                                                                         MINHAS AMIZADES COM DIAHO ...