domingo, 30 de setembro de 2012

Curiosidades


Acordei com música da chuva e o cantar da trovoada na incandescencia dos relampagos.
Eram 04h43. Posto à janela consegui apanhar o clarão a poente madrugando enquanto murcho o Cometa adormecia sob a chuvada nos parasois, neste caso nos parachuvas brancos.

1 comentário:

Desenhos, arte e muita criatividade disse...

"Dizem que devemos buscar amigos como os bons livros. Não está a felicidade em que sejam muitos nem muito curiosos; e sim poucos, bons e bem conhecidos."
Abraço e acompanho bem de perto cada dizer teu por aqui!

Poemas Marginais

MÁS_CARAS EMDE_LÍRIO Desmascarado sentei-me na gaveta   A lâmpada acesa a vigiar minha mão Desinquieto nem pardais-do-telhado ...