quarta-feira, 4 de julho de 2012

Sepultura CV

    Apreciem bem o texto dos escribas MPD no LiberalOnline e tirem o devido valor politico do seu conteúdo.

"Praia, 3 de Julho 2012 - Não é preciso muito para demonstrar o quanto autocrático e bárbaro é o regime corrupto do ditador angolano José Eduardo dos Santos, elogiado e apaparicado pelos governos europeus – particularmente o português - à cata dos diamantes, petróleo e dinheiro para sustentar as suas falidas economias.

Uma nomenclatura despótica que vai sacando ao povo a riqueza nacional, engordando-se a si própria, e que agora se tenta perpetuar no poder, seguindo o exemplo do traste da Coreia do Norte.

Aqui deixamos um exemplo da forma como, mais uma vez, está em marcha uma enorme batota para ganhar as próximas eleições, que não serão mais do que uma encenação patética de pretensa democracia, usando a ameaça clara e feroz, além da repressão que diariamente se tem abatido sobre o povo mártir de Angola, com o objectivo claro de criar um clima de medo".

       Os editores deste texto não estão a cavar a sepultura do MPLA e do seu Presidente José Eduardo dos Santos, antes, cavam, cada vez mais fundo, a sepultura política do actual presidente da república Jorge Carlos Fonseca, refém dos ventoinhas, a sepultura do MpD e dos dirigentes que vierem a ser governo de Cabo Verde no futuro. É que a bacorada come, caga e perfuma-se no esterco eleito almofada das suas horas de repouso.
       Nhos dâ só ma dja sta... pa dianti ki é kaminhu.             KB




Sem comentários:

Textos Exilados

POEMAS DA COLETÂNEA - TERRA DILECTA  - CAMINHOS CANTANTES -  NÃO PUBLICADOS 1 Julho de remotos Julhos. Cíclicos Julho...