quinta-feira, 5 de novembro de 2009

DEPOIS DISTO... COMO SERÁ?


Quem leu o que eu disse no post OBRAR AO AR LIVRE viu ou sabe o que eu estava a dizer.
E a epedemia que mata chegou. E agora vamos todos agora limpar, combater o mal porque a sociedade está com medo. Mas, digo. Não precisamos de medo. É preciso que sejamos cidadãos e façamos da rua e dos espaços livres, áreas cidadãs, ruas cidadãs, enfim, ser-se cidadão inteiro e não indivíduo bicho.
Aposto que a cidade da Praia e outras localidades vão ficar limpas durante seis mesês, para depois voltarem a ficar como dantes, porque há gente que não muda senão com forte repressão.
Será que nascemos para nos divertirmos com coisas sérias?
Com a gripe A - brincamos - SUKUDIM DJAM BEM.
Com a Dengue - brincamos - Ferro Gaita.
Agora calaram-se os brincalhões porque a coisa é séria de mais.
Quero ver os brincalhões em campanha nos seus bairros.
(Kaka Barboza)

Sem comentários:

Poemas do Litoral

ESPELHO D'ÁGUA EM ARCOS DE PEDRA Dois retractos do antigo Dezembro à janela do presente mirando o desmoronar do tecido verde das ...